quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Homenagem à obra imortal do pintor mineiro Petrônio Bax

Homenagem à obra imortal do pintor Petrônio Bax

Hoje, dia 8 de setembro de 2010, foi aberta a importante exposição
"200 Faces de Jesus de Nazaré", com obras do pintor Petrônio Bax,
em Belo Horizonte -MG.

Divulgamos a imagem do convite




Arte sacra São Francisco de Asis, de Petrônio Bax




Auto retrato, de Petrônio Bax

Petrônio morreu aos 82 anos no dia 20 de novembro de 2009, em Belo Horizonte - Minas Gerais, e deixou um grande legado de arte, beleza e imortalidade.
























Bax era filho de holandeses, tendo nascido na cidade de Carmópolis de Minas (MG).

Sua trajetória grandiosa foi uniciada desde cedo, e ainda aos 19 anos era autodidata. A partir de 1946, inicia em Belo Horizonte seus estudos no Instituto de Belas Artes. Teve formação em pintura e desenho e recebeu aulas do seu mestre, de quem se tornou dicípulo, o professor Alberto da Veiga Guignard.

Petrônio Bax teve suas obras expostas nas principais galerias do Brasil, nas décadas de 60 e 70, e recebeu prêmios e participou de dezenas de exposições em nosso país.













Ele foi um importante representante da abstração, a partir de suas formas orgânicas e naturais, em pinturas que revelavam sua inspiração que ia do real e do imaginário, e entre o conhecido e o imaginável.

Petrônio Bax se dedicou a pintar um belíssimo mundo submerso nas águas, através de ricas imagens de Jesus Cristo, por exemplo, rodeado por peixes, anjos, animais marinhos, paisagens qe pareciam sonhos, através de cores de matizes, tons e semitons que pareciam música e que revelavam simbolismos e encantamentos.

Sua obra está registrada e eternizada em sua bela obra, em catálogos e através do livro intitulado Bax.

.......................................................

Síntese escrita por Ana Felix Garjan
(Pesquisa e imagens da internet).

Brasil, 08 de setembro de 2010
Universidade Planetária do Futuro
Departamento de Artes


                                                     

 Grupos Artforum Brasil XXI
___________________________________
_______________________________

Um comentário:

  1. Raimundo Alves Costa11 de julho de 2011 18:44

    Petrônio Bax, um orgulho para nós mineiros carmopolitanos. Sua arte a todos encantam. Grande amigo de Monsenhor Almir, pároco em Carmópolis por mais de 26 anos, presenteou a Matriz, durante o paroquiato do mesmo com valiosíssimas obras. Na reforma e restauração da Matriz Nossa Senhora do Carmo, muitas destas obras foram cobertas e se acham detrás do Altar Mor.Este grande pintor, sempre teve por seu torrão natal apreciável estima.

    ResponderExcluir

As artes e a poesia unem pessoas.